Melhora a digestão

Colocar as pernas para o alto é um exercício que entra no que se conhece como “inversão ativa”.

Mudar a postura para que os pés fiquem no alto e a cabeça no chão nos ajuda, em primeiro lugar, a descongestionar os fluidos presos e, por último, melhorar a digestão.


Além disso, favorecemos a mobilidade intestinal, algo que, a longo prazo, fará com que absorvamos muito melhor os nutrientes, combatamos a prisão de ventre, e recuperemos o bem-estar interno que se nota por fora.

Relaxa o sistema nervoso

Além de tudo isso, esta postura nos ajudará a melhorar a respiração: retemos mais o ar e, pouco a pouco, favorecemos uma inspiração e uma expiração mais lenta e rítmica.

Tudo isso tem um grande impacto em nosso sistema nervoso: aliviamos tensões musculares, sobrecargas, e a tensão que se concentra geralmente na região do estômago, no pescoço e nos seios paranasais.

Conseguir uma adequada calma mental

Tire 20 minutos do seu tempo hoje para experimentar essa técnica.

A primeira coisa que você vai perceber é um alívio físico que, imediatamente, relaxa a sua mente.

Esta postura favorece, além disso, uma correta oxigenação cerebral.

Que nos convida, quase sem nos darmos conta, a meditar, a descansar a mente e a nos sentirmos mais presentes, mais conscientes de nosso corpo.

Agora que você já sabe os benefícios, veja como fazê-la:

O ideal é colocarmos uma pequena almofada sobre a lombar para conseguir uma postura mais harmônica.

Assim conseguiremos que as pernas fiquem coladas verticalmente na parede e que os braços fiquem descansados, esticados e relaxados.

Basta manter esta posição, pelo menos, 15 ou 20 minutos; sem fazer nada mais, apenas sentir o equilíbrio desta postura, a tranquilidade e a calma.

Lembre-se de que, além disso, se você quiser realizar esta técnica de relaxamento, é necessário vestir uma roupa confortável que não aperte a cintura e os tornozelos.

Caso contrário, podemos dificultar a finalidade deste exercício: favorecer a circulação sanguínea.

À medida que você for praticando esta simples terapia, irá notando cada vez mais os benefícios.

Cabe ressaltar que, se você tem alguma lesão nas costas, não será recomendável fazer esta rotina.